Como lidar com o não?!

- POR Maria Rocha

Nem sempre vamos ter o que queremos na vida, até porque nem tudo depende de nós,a maioria das vezes tem outra pessoa no meio.Aceitar um não é muito difícil, ainda mais quando o não que recebemos mexe com o nosso coração.Quando estamos entrelaçados a outra pessoa, temos que respeitar o não dela, afinal de contas não podemos ser egoístas e pensar só em nós mesmos.O não pode ser algo sincero,honesto e que a curto prazo vai doer muito,e a longo vai gerar um alívio. As vezes esse não chega até para nos dar espaço a outros encontros e sims que virão.Quando se tem uma relação a dois,devemos pensar no que o outro quer,se podemos ou não arcar com isso, ou vice e versa.O problema é que quase nunca estamos preparados para ouvir um não, ainda mais de quem a gente gosta. Se afastar daquilo que um dia nos proporcionou um bem estar, felicidade, prazer, ilusão,dói,corrói,mas o afastamento é necessário quando o não é a resposta,temos que respeitar acima de tudo o que a outra pessoa quer.O que te faz feliz, também te provoca a dor.Nunca vou dizer para alguém ter cuidado ao se jogar de cabeça em qualquer coisa,até porque eu mesmo não sei a dosagem certa de nada,eu me embriago com doses altas e a minha ressaca as vezes dura dias, semanas, meses. A ressaca vai passar, e da próxima vez a dosagem será diferente. Se envolva, se jogue, abrace o mundo, mas as vezes ele não vai te abraçar de volta, as vezes a conseqüência não será positiva, as vezes você vai ter um não como resposta, mas não tenha medo do não, apenas saiba que ele existe. Viva, chore, ria, experimente outros caminhos, outros conselhos, viagens, pensamentos, coisas incertas, só assim você vai ter a certeza que viveu, que está vivo, e que não deixou de passar por nada. Esses momentos nos fazem enxergar a ambiguidade do ser humano, tão frágeis e ao mesmo tempo tão fortes. Dentro de todos nós existe o poder da resiliência, alguns são mais que outros, mas todos nós temos a capacidade de ver algo bom dentro do sofrimento, reagir e lidar com ele. Eu tenho orgulho de dizer que eu vivo, lnão tenho vergonha de dizer que também sofro e fico feliz ao saber que a cada dia que passa acrescento mais roupa na minha bagagem.

11199589_1022926567725391_659813551_n

 

Por Maria Rocha


Papo Gula no


2017 © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: mufasa
O Papo Gula utiliza imagens criativas arrematadas em pesquisas diárias para a elaboração dos posts. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida. ;)