A magreza é sinônimo de felicidade?

- POR Maria Rocha

Ter menos peso não quer dizer ter mais felicidade. É vendido pela mídia e associado por todos a magreza junto à felicidade. O corpo ideal junto à perfeição e o padrão de beleza como parâmetro para ser aceito. Como vamos provar que isso tudo é mentira?! Que quem está “ no padrão” não vive no mar de rosas? Porque afinal o que é dito “ideal de corpo” é quase inalcançável, nunca vamos chegar perto para saber! 

Pensando racionalmente, podemos ver que emagrecer não vai nos livrar de nenhuma angústia ou problema. Vestir tamanho 36 não vai fazer com que você não tenha problemas de relacionamento, profissional, baixa autoestima ou até mesmo de insegurança. A vida vai ser sempre desafiadora, não importa a circunstância que você esteja. Atenção, não estou diminuindo aqueles que já passaram por um processo árduo de emagrecimento.

Sei como é difícil! Apensas estou dizendo que não é a fórmula perfeita para felicidade. Se sua meta é emagrecer pode ter certeza que isso vai te trazer aspectos positivos, mas não é isso que vai definir sua felicidade. A mudança de pensamento e as questões emocionais também são fundamentais para se sentir mais em contato com o seu corpo e mais seguro de si. 

Está em paz com o seu corpo e mente é essencial para estar ao encontro da felicidade e o melhor caminho para isso é se aceitar! Se aceite e assim fará as melhores escolhas para você.

Por Maria Rocha, Psicóloga Clínica

Contato: mariarocha@me.com

Papo Gula no


2018 © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: mufasa
O Papo Gula utiliza imagens criativas arrematadas em pesquisas diárias para a elaboração dos posts. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida. ;)