Prós e contras do consumo de café

- POR mufasa

Afinal, a cafeína faz ou não faz bem à saúde?

Há poucas coisas que a maioria dos brasileiros não vive sem – e uma dessas coisas, com certeza, é o café. O bom e velho café preto pela manhã, no lanche da tarde e quem sabe até antes de dormir faz parte do dia a dia de milhões de pessoas no Brasil e, inclusive, no resto do mundo.

E o que poucas pessoas sabem é que, se consumido em uma quantidade considerada aceitável ou ideal, a cafeína pode ser extremamente benéfica ao nosso organismo. É claro que, vale dizer, o contrário também é verdadeiro – se consumido em excesso, o café pode ser responsável por inúmeros prejuízos à saúde física e mental.

Vamos conhecer os principais benefícios e malefícios do café?

 

Benefícios do café

Estimulante natural. A cafeína estimula o sistema nervoso central, dando mais energia e atenção. Daí vem o tão famoso costume de beber café para manter-se acordado!

Reduz o risco de suicídio. A Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard (Estados Unidos) fez uma pesquisa cujo resultado foi surpreendente: o consumo do café auxiliou na diminuição de pelo menos metade do risco de suicídio entre adultos – foram 200 mil norte-americanos voluntários ao estudo.

Essa redução pode ser explicada pela produção de neurotransmissores no cérebro, estimulados pela cafeína, como a serotonina, dopamina e noradrenalina.  É claro que os pesquisadores alertam: o café não deve ser utilizado como antidepressivo.

Ajuda a emagrecer. Pois é! A cafeína estimula o metabolismo, além auxiliar na queima de gordura. Vale dizer, também, que o café auxilia o processo de digestão do organismo, por estimular os intestinos, o estômago e o movimento gastrointestinal como um todo. É claro que o café não é milagroso e precisa ser associado a uma dieta balanceada e a exercícios físicos regulares.

O coração agradece. O consumo moderado de café (até quatro xícaras por dia para um adulto) não prejudica em nada a saúde, nem mesmo a saúde cardíaca, como acreditava-se no passado. Quem comprovou o fato foi o InCor, do Hospital das Clínicas, com pesquisa realizada in loco em parceria com a Empraba Café.

Sem diabetes! A Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard acompanhou milhares de pessoas voluntárias para estudo que consumiram café diariamente por quatro anos. Aquelas que consumiram ao menos duas xícaras todos os dias diminuíram em 11% o risco de desenvolver diabetes tipo ll. No entanto, quem diminuiu o consumo de cafeína aumentou em 17% o risco de desenvolver a doença.

Malefícios do café

É claro que, assim como todas as outras coisas da vida, há também o lado ruim do café. Se consumido em excesso, os efeitos colaterais podem ser brandos ou bem sérios, por isso é importante estar atento.

Ingerir a cafeína exacerbadamente pode causar insônia, alteração cardíaca, abstinência, problemas intestinais, gastrite, intoxicação, atividades aceleradas do organismo, ansiedade,  entre outros.

O café pode ser um grande aliado do estilo de vida saudável e equilibrado. Basta saber consumi-lo com responsabilidade e tranquilidade. Quando não há exageros, a cafeína pode se tornar uma grande amiga!

 

Conhece mais benefícios ou malefícios do café? Deixe seu comentário!

Aproveite para conferir outras matérias interessantes do @papogula:

Beijos,

Maria

 

 

Fontes
https://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/pesquisas-do-incor-apontam-que-cafe-faz-bem-ao-coracao/
https://academic.oup.com/jnci/article/103/11/876/2516503
https://www.hsph.harvard.edu/news/press-releases/increasing-daily-coffee-intake-may-reduce-type-2-diabetes-risk/

Papo Gula no


2018 © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: mufasa
O Papo Gula utiliza imagens criativas arrematadas em pesquisas diárias para a elaboração dos posts. Portanto, ressaltamos que algumas imagens não são de nossa autoria ou cedidos formalmente para utilização no site. Por favor entre em contato pelo nosso formulário caso seja o autor de alguma imagem utilizada e gostaria que a mesma fosse removida. ;)